Departamento de Ar-Condicionado Automotivo e Agrícola é criado pela ABRAVA

Em comunicado divulgado nesta última segunda-feira (24/07), a ABRAVA anunciou a criação do DN, o Departamento Nacional de Ar-condicionado Automotivo e Agrícola. Segundo o texto enviado à imprensa, o Brasil produz anualmente 3 milhões de automóveis, e 80% deles saem de fábrica com ar-condicionado. Isso sem contar o transporte público, o transporte de carga refrigerada e as máquinas agrícolas, que operam fora da estrada – algumas delas precisam obrigatoriamente de sistemas de climatização.

A ABRAVA identificou que essa área do setor representa uma lacuna no que diz respeito à normatização, ao levantamento de dados de mercado, à tributação, à capacitação de mão de obra e à qualidade e garantia de peças e serviços. E serão esses os campos em que o DN irá se focar.

As primeiras ações do DN

Depois de definido o escopo de atuação do DN, foram definidas algumas ações ligadas à normatização para limpeza e higienização de ar-condicionado em veículos, à garantia de serviços, à participação na FEBRAVA 2019, à elaboração de cursos e aos assuntos sobre alíquotas de impostos e classificação fiscal. Além disso, já está marcado para acontecer no dia 11 de agosto o primeiro curso para formação de mão de obra na sede da ABRAVA em São Paulo.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Web ArCondicionado para ver a matéria completa.

Facebook Comments Box