Como escolher o exaustor correto

A ventilação de um edifício simplesmente substitui o ar obsoleto ou sujo por um limpo e fresco. Embora esse processo seja exigido para muitas aplicações diferentes, os fundamentos do fluxo de ar nunca mudam: ar indesejado para fora, ar fresco para dentro. As variáveis-chave que mudam dependendo dos aplicativos são o modelo e a taxa de fluxo de volume de ar (CFM). Outras considerações incluem a resistência ao fluxo de ar (pressão estática ou SP) e som produzido (sones).

Às vezes, é preciso um exaustor para executar uma função específica, mas se não se tem claro qual usar, é necessário uma especificação. Mesmo que não sendo uma ciência exata, pode ser eficiente quando a aplicação é entendida e abrange quatro parâmetros: modelo do exaustor, CFM, pressão estática (SP) e limite de ruído.

  1. modelo do ventilador: todos executam a função básica de mover o ar de um espaço para outro. Mas a grande diversidade de aplicações do ventilador cria a necessidade para que os fabricantes desenvolvam muitos modelos diferentes. Cada um tem benefícios para determinadas aplicações. O truque é encontrar o mais adequado para suas necessidades, com base em diretrizes como a movimentação direta contra a movimentação da correia, hélice vs. centrífuga e localização de instalação (telhado, parede ou em um duto).

 

  1. pés cúbicos por minuto (CFM): uma vez que o tipo de exaustor é sabido, o volume de ar trocado deve ser determinado com base nos códigos de construção local e suas informações relativas às alterações de ar sugeridas para a ventilação adequada. Os intervalos especificados irão ventilar adequadamente as áreas correspondentes na maioria dos casos. No entanto, condições extremas podem exigir “minutos por alteração” fora do intervalo especificado. Para determinar o número real necessário, use a seguinte fórmula para calcular o CFM necessário para ventilar adequadamente uma área: Volume do quarto = CxLxA | CFM = Volume do quarto ÷ min/mudança.

 

  1. pressão estática: é medida em polegadas de calibre de água. Uma libra por polegada quadrada é equivalente a 27,7″ pressão estática de SP – em sistemas de exaustão é tipicamente menor que 2″ SP, ou 0.072 Psi.

 

  1. níveis sonoros: para a indústria, uma unidade comum para expressar o nível de pressão sonora é o sone, que em termos práticos tem seu volume equivalente ao de um refrigerador silencioso ouvido a partir de cinco metros de distância em um ambiente. Como diretriz geral, escolha um ventilador que tenha uma classificação de sone dentro do intervalo especificado.

Febrava 2019 é palco para as principais discussões do mercado e das tendências para os próximos anos. Assine nossa newsletter para se manter atualizado com todos esses conteúdos!

E faça seu credenciamento!

Facebook Comments