5 cuidados com o ar-condicionado nos shoppings

Como reduzir o gasto de dinheiro e energia nos sistemas de condicionamento de ar

5 cuidados com o ar-condicionado nos shoppings
Foto de Magda Ehlers via Pexels

O ar-condicionado é um dos responsáveis pelo conforto dentro dos shoppings, principalmente em dias de muito calor. Porém, para manter um sistema dessa magnitude funcionando plenamente, são necessários alguns cuidados.

Se forem antigos e não receberem a devida manutenção, esses sistemas têm um pior desempenho e gastam muito mais energia, o que não é bom nem para o bolso, nem para o meio ambiente. Além disso, eles podem se tornar proliferadores de doenças. E, se isso já é grave em tempos “comuns”, é pior ainda durante uma pandemia como a que estamos vivendo. 

Leia também:

Além de uma necessidade, cuidar do ar-condicionado é uma obrigação, pois em 2018 foi sancionada a Lei 13.589. Ela determina que todos os edifícios, públicos ou privados, devem realizar manutenção em seus sistemas de climatização de ambientes. Portanto, os shoppings entram nessa lista. 

Por isso, elencamos 5 cuidados com ar-condicionado que são essenciais para reduzir problemas e custos elevados. Confira: 

Retrofit

Ou seja, revitalização e modernização de equipamentos. Busque por modelos mais novos, com tecnologia que reduza o gasto de energia. Esse é um investimento que gera retorno financeiro, pois resulta em economia. 

Automação

Automatizar sistemas facilita a vida do usuário e diminui desperdícios, já que possibilita um melhor monitoramento, o que ajuda na identificação de problemas com mais precisão e rapidez. 

Manutenção

Já vimos que realizar limpeza e manutenção no ar-condicionado é uma obrigação. Porém, você sabe qual a frequência recomendada? Veja: 

  • Filtros de ar: limpeza mensal ou, nos casos em que for descartável, troca trimestral; 
  • Bandeja de condensado: mensal; 
  • Umidificador: trimestral; 
  • Ventilador: semestral; 
  • Serpentinas de aquecimento e resfriamento: trimestral. 

Ajustar temperatura e umidade

Alguns dias são mais quentes e secos, outros mais frios e úmidos, e por aí vai. Portanto, estar atento a essas mudanças e regular o ar-condicionado de acordo com elas também é importante. Além disso, reforçando o segundo tópico, sistemas automatizados deixam a tarefa mais fácil. 

Desligar a central em horários de pico

Ou seja, entre 19h e 21h na maioria dos locais, e mantê-la ligada durante a noite para a produção de gelo ou água, é uma técnica que não prejudica a climatização do ambiente e gera economia de energia. 

Quer conhecer tendências, inovações e mais dicas de como melhorar a eficiência de sistemas de ar-condicionado nos shoppings e em outros lugares que utilizam AVAC-R? Confira o Febrava Digital Summit, no dia 28 de julho, às 16h. Evento online e gratuito, com vagas limitadas. Inscreva-se aqui

Facebook Comments Box