AVAC-R: expectativas de crescimento para o setor

Do crescimento em 2019 e crise em 2020 às projeções para este ano

AVAC-R: expectativas de crescimento para o setor
Foto: Foto-Rabe via Pixabay

Os números e resultados em 2020 foram diferentes do esperado em diversos setores da economia. Isso ocorreu devido aos impactos da pandemia do Covid-19, que interferiu negativamente em diferentes áreas. 

Dessa forma, os segmentos de refrigeração, aquecimento, ventilação e ar-condicionado não ficaram de fora. Mas, para superar este momento, é importante entender o histórico recente do setor AVAC-R e conhecer as projeções de crescimento para 2021. 

O ano de 2019 trouxe crescimento e um faturamento de 34,2 bilhões de reais. Devido a isso, as projeções para 2020 eram bem positivas. Assim, esperava-se uma receita 10% maior do que a do ano anterior – dados da Abrava. Para o mercado global de refrigeração industrial, em específico, a projeção era de 33,9 bilhões de dólares em 2020, de acordo com um relatório P&S Market Research

No entanto, a recessão causada pela pandemia resultou em um cenário que frustrou as projeções e expectativas da área. Segundo dados da Abrava – Associação representativa do setor –, as vendas dos segmentos de refrigeração e ar-condicionado caíram 4% no Brasil em 2020, totalizando R$ 32,9 bilhões.

Leia também: Setor ofereceu respostas rápidas e eficientes para a pandemia

O economista Guilherme Moreira, responsável pelo departamento de economia e estatística da Abrava, explica o panorama. Segundo ele, a insegurança gerada pela pandemia é uma das responsáveis pelo cenário de 2020. “A pandemia deixa enorme incerteza, o que atrapalha investimentos”, pondera.

Projeção de crescimento para o setor

Apesar dos resultados de 2020, especialistas apostam em dias melhores. Devido a retomada gradativa das atividades agora em 2021, que acontece em paralelo com o avanço da imunização contra a Covid-19, o cenário vai, aos poucos, se tornando mais favorável para investimentos. 

Sendo assim, estimativas da Abrava projetam retomada do crescimento e um faturamento de R$ 34,5 bilhões para o setor AVAC-R até o final deste ano. Ou seja, uma receita 5% maior que a registrada no ano passado. 

Facebook Comments Box