A chegada do inverno e os impactos da qualidade do ar na saúde e segurança das pessoas em ambientes fechados

Renovação do Ar, Ventilação, Sistemas de Climatização são alguns tópicos que podem contribuir com a saúde das pessoas, neste momento de chegada do inverno e o aumento de casos de infectados da COVID

Por Alessandra Lopes da ABRAVA

Com a chegada do inverno, a estação do ano que apresenta baixas temperaturas, é comum fecharmos portas e janelas. Com a desobrigação do uso de máscaras, a baixa da imunidade  devido ao tempo de proteção das vacinas e o aumento dos números de infectados com a COVID, este cenário tende a piorar, pois a maioria dos ambientes que não possuem ventilação e renovação do ar, é o alerta que o Qualindoor – Departamento Nacional de Qualidade do Ar Interno da ABRAVA  faz preocupado com a nova onda de casos, com a saúde e segurança das pessoas. Neste momento, é preciso dar atenção para a qualidade do ar interno, a presença de patógenos como Sars-CoV2 ou suas variantes no ar, que pode contribuir com o aumento do número de pessoas infectadas. A solução neste momento é a ventilação mecânica.

De acordo com o Qualindoor, as pessoas ficam cerca de 90% do seu tempo em um ambiente fechado. Ainda, imagine quando os índices de umidade do ar em ambientes internos se apresentam abaixo de 40%, ocasião que prejudicam o sistema imunológico, ao mesmo tempo favorecendo a flutuação e sobrevivência dos vírus que estão suspensos no ar. Este é o cenário ocorridos na maioria dos ambientes sem ventilação adequada.

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX Brasil sobre Refrigeração e suas medidas de segurança. 

Para continuar lendo, acesse o site da ABRAVA .

Facebook Comments Box